CARLA BÉCK

carlabeck@infinitaeph.com.br

O que nós, mulheres, podemos fazer por nós mesmas hoje? 

Quando a gente olha para a história e analisa tudo que as mulheres conquistaram e que ainda faltam conquistar, penso ainda mais no poder de
nós mesmas para liderar um mundo mais justo e igualitário. Por isso, reforço a importância de reconhecer e expressar nosso espaço no mundo,
de sairmos do papel de passividade que a história e a cultura nos colocaram. 

As empresas e a sociedade precisam ainda amadurecer e perceber a importância de se contratar uma mulher e ter a figura do feminino
representada em cargos de liderança. O cenário de lideranças nas corporações ainda é um desafio a ser superado. 

Nas 50 maiores empresas de capital aberto de cada país da União Europeia, a mulher detém, em média, 11% dos altos cargos executivos e 4% das
presidências — executiva ou do conselho. Sete empresas apenas, ou 1%, do ranking global 500 da revista Fortune são lideradas por uma mulher.
Diante deste cenário, como nós, mulheres, podemos investir na nossa carreira? 

A especialista em liderança feminina Sally Helgesen aborda em seu livro Como as mulheres chegam ao topo os hábitos que impedem as mulheres de
alcançar seu próximo aumento, promoção ou emprego. Alguns dos hábitos das mulheres estão relacionados ao modo com que nós fomos criadas em
nossa cultura. Como Sally diz, a mulher foi criada para agradar. Outros hábitos que devem ser eliminados é esperar que os outros notem e
recompensem espontaneamente suas contribuições, se achar inferior, cair na armadilha da perfeição e se cobrar demais para que tudo sempre esteja
perfeito.

Por isso, destaco aqui algumas dicas paras as mulheres acreditarem no seu poder de transformar a sociedade e colocar em prática. 

1. Aprenda a fazer uma boa autogestão – Isso permite o equilíbrio entre trabalho, família e interesses pessoais. É possível conciliar as
diferentes áreas da sua vida e ser bem-sucedida em todas elas, acredite nisso.

2. Reconheça suas competências – Acredite que você chegou onde chegou por conta das suas capacidades. Muitas mulheres se boicotam
profissionalmente. 

3. Faça conexões estratégicas dentro da empresa – As mulheres precisam fazer articulações políticas em seu ambiente de trabalho, se
relacionando com pessoas que podem ajudá-las a crescer dentro da empresa.

4. Desenvolva o estado de presença – Fique atenta e inteira em tudo aquilo a que você se dedicar. Isso fará com que você amplie seus
resultados.

5. Desenvolva qualidade com sua família – É melhor passar uma hora completamente dedicada aos seus filhos do que horas com eles sem
lhes dar atenção.

6. Invista no seu autoconhecimento – É fator relevante para quem quer ter sucesso na sua carreira e ser uma líder melhor.

Estes são alguns dos comportamentos que podemos fazer por nós mesmas hoje e que são capazes de transformar o mundo. Lembre-se: qualquer
mudança deve vir da sua real intenção de mudar. O famoso vir de dentro.

Assim, ninguém te segura.

JORNALZEN® 2020 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS