(19) 99109-4566
(19) 99149-1256

ZENTREVISTA

Drica Pinotti

Escritora vivendo em Nova York cria projeto de apoio emocional à comunidade brasileira nos EUA durante a crise do coronavírus

                  PUBLICIDADE

MAIO/2020
EDIÇÃO Nº 183

AS MAIS LIDAS

unnamed

Felicidade em tempos de coronavírus?

O mundo está convivendo com uma questão de saúde pública nova e avassaladora, a pandemia decorrente da Covid-19. É no mínimo um momento de muitas dúvidas, perdas, mudanças de rotinas e tentativas das mais variadas de impedir o avanço desta doença. Há que se falar em felicidade?

O resgate do afeto pós-Covid

Muitas evidências sinalizam que o mundo e o homem não serão os mesmos após a Covid-19. O vírus virou o epicentro e nos igualou. Dentro do caos, constatamos o que sempre soubemos, mas não valorizávamos, até sermos apresentados a ele: somos seres finitos e pequenos. Limitados na autossuficiência.

Diabetes

Grupos de apoio e os fatores terapêuticos

É comum pensar que a terapia é a principal forma de cuidar da saúde mental. Contudo, é essencial ter em mente que existem outras práticas de psicoterapia que também podem ser muito eficientes quando o assunto é o lado emocional de um indivíduo. Dentre elas, quero destacar a importância dos grupos de apoio. Provavelmente você já deva ter visto esse tipo de dinâmica em filmes e séries, como os Narcóticos e Alcoólicos Anônimos, por exemplo. De fato, existe uma certa verdade no que é retratado nas mídias de entretenimento, uma vez que esses grupos realmente tratam de diferentes temas de saúde física e emocional.

border

Quarentena e sanidade mental: é possível?

A pandemia do coronavírus impôs abruptamente a todas as pessoas a realidade da quarentena: privação da liberdade, limites, mudança de hábitos e rotinas, dificuldades financeiras e organizacionais. Todos ao redor do mundo estão – ou estarão – submetidos a esse novo modo de viver que exige uma série de adaptações e transformações que parecem, em um primeiro momento, impossíveis de serem realizadas, mas não são. As pessoas são diferentes e reagem de modos únicos frente a desafios e situações limite. Entretanto, a história da humanidade mostra que sim, somos e seremos capazes de lidar com o rigor que a situação impõe, se soubermos manter a serenidade.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

JORNALZEN® 2020 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS